A constante necessidade de estar ocupado como fonte de insatisfação

Quando não estamos a dormir, normalmente a nossa forma de operar nesta vida resume-se a estar ocupado: estamos sempre a fazer alguma coisa, imersos em actividades, temos sempre alguma tarefa para desempenhar, um objectivo para alcançar. Afinal, como diz o ditado, “parar é morrer”. Mas será isto fonte de satisfação ou, na verdade, fonte de…

Continue Reading A constante necessidade de estar ocupado como fonte de insatisfação

Medo: onde reside a origem de todo este medo que estamos a experienciar?

Numa altura em que a impermanência está mais visível para todos, é talvez o momento certo para questionarmos profundamente onde reside a origem de todo este medo que está a assolar tantos Seres Humanos e em simultâneo. E de questionarmos se temos um refúgio verdadeiramente sustentável. Vivemos tempos que não têm paralelo na história conhecida…

Continue Reading Medo: onde reside a origem de todo este medo que estamos a experienciar?

Covid-19: como viver uma “clausura” significativa, em liberdade e paz

Em tempos como estes, de isolamento involuntário para conter o Covid-19, ninguém melhor do que as monjas que vivem em clausura voluntária para nos darem conselhos. Estes, curiosamente, podem ser tempos auspiciosos (de liberdade, de oração, de reflexão e de paz), ou podem ser tempos conturbados, de sofrimento, como muita gente os está a viver.…

Continue Reading Covid-19: como viver uma “clausura” significativa, em liberdade e paz